terça-feira, 24 de novembro de 2015

A CRISE ECOLÓGICA E A DEGRADAÇÃO DA NATUREZA

A CRISE ECOLÓGICA E A DEGRADAÇÃO DA NATUREZA – O fim do mundo, ou o Apocalipse, sempre me pareceu algo muito longínquo. Pode parecer um contrassenso. Deus haveria de destruir sua Criação? Hoje me convenço de que Deus nem precisa mais pensar em novo dilúvio. O próprio ser humano começou a provocá-lo, através da degradação da Natureza. Os bens da Terra tornaram-se posse privada de empresas e oligopólios. A causa de 4 bilhões de seres humanos viverem abaixo da linha da pobreza, e 1,3 bilhão padecerem fome, é uma só: foram impedidos de acesso à terra, à água, a sementes, a novas técnicas de cultivo e aos sistemas de comercialização de produtos. O capitalismo, como sistema, não tem solução para a crise ecológica. (Jornalista/escritor Eugenio Santana – MTE 1319/JP)