terça-feira, 20 de janeiro de 2015

SOMOS ANIMAIS TERRITORIAIS (*)

UMA GUERRA É TRAVADA apenas nos campos de batalha tradicionais, em que tropas tentam aniquilar umas às outras. Graças à gana de poder a luta acontece em qualquer área em que os seres humanos disputam influência. Existem disputas pelo poder em qualquer grupo de trabalho e até mesmo em um casal, quando os dois membros usam suas armas para conseguir o papel de protagonista. Nós, seres humanos, somos animais territoriais e estamos o tempo todo tentando aumentar nossos domínios, inclusive o emocional. Como nem sempre encontramos um inimigo para opor ao inimigo que está nos assediando, às vezes precisamos recorrer a outras estratégias. O tratado mais antigo para qualquer tipo de luta nesses casos é “A arte da guerra”, de Sun Tzu, que chega à seguinte conclusão: Se conhecer seu inimigo e a si mesmo, ainda que você enfrente 100 batalhas, nunca sairá derrotado. Se não conhecer seu inimigo mas conhecer a si mesmo, suas chances de perder ou ganhar serão as mesmas. Se não conhecer o inimigo nem a si mesmo, pode ter certeza de que perderá as batalhas.
(*) EUGENIO SANTANA é Jornalista e Escritor. Pertence à Academia de Letras de Uruguaiana, UBE - União Brasileira de Escritores, ADESG, AMORC e ao Greenpeace. Autor de livros publicados. Gestor e fundador da Hórus/9 Editora, da Revista Panorama Goiano, do jornal Verbo-pássaro, do Blog Guardião da Palavra e da ONG Neuroforiazul. E-mail: autoreugeniosantana9@gmail.com - WatsApp: (61) 8212-3275