quarta-feira, 5 de novembro de 2014

AUTOSSABOTADORES (*)

PESSOAS COM EU AUTOSSABOTADOR são carrascos de si mesmas. Um Eu com essas características precisa desesperadamente aprender a ter um caso de amor com suas qualidades. Milhares de mulheres com sobrepeso têm um Eu autossabotador. Elas fazem regime, lutam para emagrecer e, depois de muito esforço, obtêm êxito. Entretanto, não mantêm o peso nem se jubilam com sua vitória. Uma pessoa autossabotadora vive se aterrorizando, se atormentando com fatos que ainda não aconteceram ou gravitando na órbita dos problemas que já passaram, lamentando perdas, fracassos, injustiças. Pode dar chances para os outros quando erram, mas raramente se dá uma nova chance. Um dos mais graves defeitos da personalidade de um Eu autossabotador é a autocobrança. Quem cobra demais de si retira o oxigênio da própria liberdade, asfixia sua criatividade. Uma das mais graves conseqüências de quem cobra excessivamente de si mesmo é aumentar os níveis de exigência, o que o impede de relaxar, sentir-se realizado, satisfeito, feliz. Eles sabotam suas férias, seus finais de semana, seus feriados, seu sono, seus sonhos. (Copydesk/Fragment by Jornalista Eugenio Santana, FRC – Registro MTb 1319/JP)