sábado, 12 de abril de 2014

NÃO CHORE PORQUE ACABOU (*)

Nunca deixe que pessoas pequenas o convençam de que seus sonhos são muito grandes. Um exemplo: a implantação do “Santuário dos Pássaros”, no Brasil Central. É fundamental lembrar que cada um conhece o caminho para a própria felicidade, pois ela é única e exclusiva. E que você sempre “ganha” com tudo que acontece de bom ou nem tanto assim, tropeçando e pisando firme, caindo e se levantando ainda mais forte. Voando com as Asas da Fênix... Tem gente que passa a vida tentando evitar a dor, aí não vive intensamente. Ter perdas e frustrações é uma coisa extremamente democrática: não poupa ninguém mesmo, não há um único ser humano que possa se dizer livre da dor de algo importante que terminou. Quando você tem uma perda, é preciso aceitar e chorar a sua tristeza, mas depois levantar os olhos e ver que ainda existem muitas aventuras para viver e ser feliz, e comemorar essas oportunidades. Gosto muito de uma frase que diz tudo sobre mudanças na nossa vida: “Não chore porque acabou, sorria porque aconteceu”. Mesmo que eu soubesse que o planeta-escola – a Terra – vai acabar amanhã, ainda assim eu continuaria a espalhar hoje – aqui e agora – a minha mensagem. Afinal, eu não sou o mensageiro – eu sou a MENSAGEM. Comemore tudo o que você vivenciou e prepare as malas e bagagens para uma nova Viagem. Acredite. Tenha Fé. O Infinito está ancorado em seu coração.
(*) Copydesk/Fragment by EUGENIO SANTANA, membro efetivo da Academia de Letras do Noroeste de Minas, escritor, jornalista, assessor de comunicação, relações públicas, copydesk, verse maker e self-made man. Sócio da UBE-GO/SC – União Brasileira de Escritores e autor de cinco livros publicados, entre os quais “INFINITOEFÊMERO”, de autoconhecimento, autorrealização e toques motivacionais. Ex-Superintendente de Imprensa no Rio de Janeiro, RJ (2009/11). Contato: e-mail: eugeniosantana9@uol.com.br (34) 9256-7754