terça-feira, 13 de novembro de 2012

PROJETO WEB BOT (*)

WEB BOT é um software criado em 1997 por dois peritos em computação, Cliff High e seu assistente George Ure, que rastreia palavras-chave na Internet, com o intuito de pesquisar o que se passa no inconsciente coletivo dos internautas. Desenvolvido originalmente para o mercado financeiro de ações, o programa que visava antecipar o fluxo da bolsa mostrou-se muito útil para prever eventos futuros em geral. O software usa aranhas virtuais ou robôs, por isso bots (de robots, em inglês), para vasculhar a Internet em busca de 300.000 palavras-chave que possuem conotação emocional. De acordo com seus criadores, o programa já detectou alguns eventos com antecedência, que depois se confirmaram. Em junho de 2001, o Web Bot previu que nos 60 a 90 dias subseqüentes, um evento de grande importância alteraria radicalmente a vida dos americanos: e no dia 11 de setembro, as Torres Gêmeas foram destruídas. Em 2004, o Web Bot anunciou que haveria um enorme terremoto com ondas devastadoras envolvendo cerca de 300.000 vítimas: e em dezembro, um tsunami devastou a costa do Sudeste asiático. E assim foram também o apagão da costa oeste dos EUA em 2003 e o furacão Katrina em 2005. Com relação a 2012, o Web Bot não anunciou especificamente o fim do mundo para este ano, mas previu que um evento catastrófico devastará o planeta. No entanto, da mesma forma, o Web Bot também detectou e antecipou outros fatos que não se confirmaram. Por isso vale a pena considerar as opiniões também dos críticos do projeto que dizem que, longe de o projeto prever eventos futuros, o mesmo revela os medos e interesses das pessoas que usam a rede e que se comunicam através dela. “É claro que haverá vestígios de 2012, dizem eles, uma vez que são muitas as publicações sobre o assunto que vão parar na Internet.” Segundo Cliff High e George Ure, o Web Bot relata que uma “Nova Ordem Mundial será implementada por volta do ano 2012, após uma guerra devastadora.” De qualquer modo, essa é mais uma informação que converge para a mesma data: 2012.
Como pudemos observar, vários temas convergem para fazer de 2012 um ano de grandes transformações, e seria no mínimo ingênuo ignorar tantos sinais e algumas evidências. Mas tanto as profecias maias quanto as de outros povos e profetas de outros tempos, assim como algumas pesquisas e dados científicos, não asseguram nada a respeito do que pode vir e suceder no final de 2012. Ou, como disse São Mateus, o evangelista: “Vigiai e orai, pois não sabeis nem o dia e nem a hora...”. (*) Jornalista Eugenio Santana

Nenhum comentário: