sexta-feira, 29 de junho de 2012

AMAR É UMA ESCOLHA (*)




O AMOR é fruto de uma força inexplicável, muitas vezes, ilógica. Amor de verdade é incondicional, ou seja, não há condição para se gostar.

As emoções proporcionadas pelo amor, devem ser vividas e desfrutadas nos momentos de devaneio, de prazer, de alegria e felicidade, mas o equilíbrio do relacionamento deve ser pautado pela razão, até porque, amar é uma escolha, mais do que um estado de espírito e, isso, passa pela razão.

É por meio de um amor inteligente que vamos, aos poucos, construindo uma base sólida para a plena felicidade. Não existe garantia para o amanhã. Só existe o hoje, o aqui, o agora.

E, é no presente que poderemos fazer as bases para que haja um dia seguinte. Isso, se nós fizermos as coisas da maneira certa.

Não basta pensar e viver o amor como eterno, pois somente construindo o dia seguinte, sucessivamente, é que vamos eternizar o amor.

(*) Eugenio Santana é escritor, jornalista e poeta.