quarta-feira, 6 de abril de 2011

UM NOVO AMOR...




Antes os dias eram apenas dias monótonos:
Altos e baixos, chegadas e partidas, noites mal-dormidas,
Solidão e alguns estilhaços de euforia.
Agora, o cenário é outro
E ganhou asas de sonhos azuis,
Palavras são pássaros exóticos e encantados,
O cotidiano virou do avesso e se tornou
Milagre.

Quero um novo amor, tão suave e arrebatador
Como se numa praia deserta dançasse um menino.

(copy-desk by EUGENIO SANTANA, FRC - Escritor mineiro-goiano-carioca-catarinense... Poeta, Redator publicitário, Copidesque, Revisor de textos, Relações públicas, Ensaísta literário, Editor. Um self-mad man autor de livros publicados.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário